Nunca foi tão bom usar fato!

Como vestir fato e gravata ?  Para a maior parte dos homens vestir fato e grava ainda é um dilema.

O fato deve  ser escolhido sempre de acordo com a sua personalidade, ocasião que o vai usar, posto de trabalho, etc.

O mais importante quando for usar um fato é saber coordenar as cores e padrões, além claro da medida certa para si. 

Convidei Cesar Iabna, fashionista e vitrinista, ele que é conhecido pela maneira irreverente de usar fato.

Actualmente a maneira de usar fato democratizou-se, Cesar e eu decidimos mostrar através da sessão que fizemos que a definição de clássico alterou-se, use fato de uma maneira divertida.

Veja Cesar Iabna no Bem-Vindos aos 32 min da primeira parte!

 

Erros que deve evitar caso use fatos da maneira clássica.

O tipo de tecido deve obedecer à estação que se encontra.

As medidas devem ser certas para si, por isso tem de estar atento na altura do punho, bainha, encaixe de colarinho e de ombros.

As meias é outro item que não deve ser esquecido, estas não devem contrastar com a cor das calças.

Tenha atenção aos acabamentos, observe todos os detalhes visíveis.

Escolher cores fortes em todas as peças.

Modelo apertado que saliente a barriga

Modelo grande demais para quem o está a usar.

 

A gravata

As pontas devem estar na altura do furo do cinto, nunca por dentro das calças, barriga ou debaixo do cinto.

A gravata deve criar harmonia ao conjunto.

Deve ter em conta a sua própria personalidade, se gosta de passar despercebido então combine-a com o fato.

Se usar uma camisa lisa, as gravatas podem ser lisas ou estampadas. Já se a camisa é estampada, a gravata deve ser lisa.

 

Nova Coleção Ana de Sá!

Por estar em Londres em trabalho a designer não conseguiu estar presente para nos receber; Coisa que não impediu de sermos igualmente bem recebidos pelo seu irmão e parceiro de trabalho António Sá. 

Um atelier acolhedor com showroom e muitas novidades para breve. Com a nova coleção intitulada de ” Lotus”; a designer inspirou-se no significado da flor de Lotus ( sensualidade e pureza). Na pétala da flor inspirou-se na cultura do Nepal dando origem a ” Lotus Colletion”. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os acessórios usados na cabeça, a sobreposição dos tecidos, os dourados, as cores alegres, as texturas, a forma da pétala curvilínea semelhante a Mulher transportam-nos a um mundo culturalmente rico de requinte e Glamour.

Cada coordenado apresenta uma fusão entre a pétala e a cultura dos trajes do Nepal, o redondo nas mangas, a fusão de cores, a sobreposição de tecidos, culminam com a criatividade em utilizar malhas e rendas oriundas de África, nossa Terra, formam o casamento perfeito.

 

 

É esta a fusão, day by night que  inicia o percurso da Mulher no casual chic até ao glamour, sexy com charme.

   

É esta a cultura da Marca, Ana de Sá Fashion Designer – Multicultural e transversal.

“Roupa para Todos”

 

GATUNA

Designer da marca
SANDRA POULSON

Para encerarmos a época de Inverno e iniciarmos a de Primavera/ Verão quis trazer-vos, Sandra Poulson criativa, designer responsável pela marca Gatuna. Sou fan de marcas street wear  e com uma queda para marcas marcantes e com uma forte mensagem. Gatuna que no nosso calão Angolano quer dizer ( Ladra), uma Gatuna que rouba a atenção de quem passa por ela uma Gatuna decidida e impactante.

 

Numa tarde bem passada coma Sandra pude perceber que muitos são os projectos que esta jovem designer nos apresentará, mas de momento a Gatuna é uma das suas prioridades, a marca é nova no mercado mas já tem deixado as suas pegadas, não pude deixar de adquirir o meu conjunto Gatuna que irei conjugar com peças desta Primavera que vem cheia de inspirações dos anos 90.

Para mais informações clique aqui.

 

 

    

As cores de Inverno

Frio Chuva e vento, já não falta muito para o  fim do Inverno as tendências continuam casacos botas e acessórios todos os anos as tendências mudam. 

O preto é a cor padrão ano pós ano, casacos com os puffers e bomber jackets foram os must have da estação; Mas há visuais que se mantém com a rebeldia do momento com um toque de classe, assim é a preferência de Marco Magalhães que convidei para a ultima rubrica do castanho Puro no Bem-Vindos.
É na cor eleita durante a estação fria que nasce o visual do momento, o estilo mais escolhido e o novo “queridinho” da maior parte das celebridades, estou a falar do visual Edgy.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

É dos estilos mais procurados da atualidade tanto por homens como para mulheres, o estilo edgy tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos e do que tenho visto nas passarelas mundiais, tão cedo não sai de moda.
Marco Magalhães, figura pública e um amante de moda por natureza.
Marco é modelo e uma cara conhecida da TV, as peças Edgy marcam o seu visual caracterizado pela irreverência, e atitude fashionista do rock n´roll.

Como usar um visual Edgy Chic ?

 

Comecemos por um dos must have deste visual, os chapéus Fedora imortalizado pelo famoso actor Harrison Ford no conhecido filme Indiana Johnson.


O essencial, as peças básicas fazem parte do visual Edgy, com a simplicidade das cores básicas e texturas lisas.

Elementos Edgy Chic tal como a maioria dos homens actuais Marco Magalhães não dispensa do estilo formal mas dentro da irreverência do seu look principal.

                                                                      Marco  na TV com Castanho Puro

ModaAfrica Dia 1 Joan Auguni

A marca Joan Auguni assinada pela estilista Angolana Sandra Bravo Rosa têm sido presença assídua aqui no blog pelos enumero eventos em que nos cruzamos ou faço questão de seguir.

 

 

 

Para esta Primavera-Verão Sandra apresenta-nos propostas no Wax Print africano numa coleção divertida e dedicada á família, ficamos rendidos ao modelos Pais e Filhos que fizeram as delícias do publico presente.

   

Os tecidos em 100% algodão, seda, sablé, malhas e mousseline, cujas cores misturadas com outros tipos de tecido deram um toque de liberdade, elegância e sofisticação á coleção.

MODAAFRICA –Eth(n)ical Fashion Week

As  tendências da moda Africana para 2018 foram apresentadas no passado fim de semana ( 21 e 22 de Janeiro de 2017  na 2a edição do MODAAFRICA –Eth(n)ical Fashion Week, evento alternativo promovido pela AMA – Associação de Moda Africana em Lisboa. 

O Pavilhão Central do Instituto Superior Técnico ( IST ) serviu de palco principal do evento, 17 estilistas apresentaram as suas colecções.

 

Para abrir o evento e dar inicio ao bloco dos primeiro desfiles surgiu-nos José Hendo marca assinada pela designer nascida no Uganda a residir no Reino Unido, caracterizada pela moda sustentável esta foi a primeira vez da Designer em Lisboa que nos quis presentear com “Motto Silhoette”. Segundo a estilista: “motto significa em japonês a origem, a causa, a fundação e a base”.

Zero desperdícios este é o lema da Designer que recorreu a materiais reciclados ( cintos de segurança, pedaços de chão usados em superfícies industriais), para produzir as peças da coleção.

Quimonos, e peças vanguardistas marcaram o desfile de José Hendo.

A Designer

O primeiro dia de desfiles contou com caras conhecidas do mundo da moda Africana; estilistas como Divaldo Legancy e outros fashionistas  e os organizadores do  Fashion Concept Design não quiseram deixar de apoiar esta iniciativa.

 

 

 

 

José Hendo MA17

Tal como vos tinha dito, esta semana será dedicada aos estilistas que vão apresentar as suas coleções no Moda Africa 2017 em Lisboa.

 

Comecemos por apresentar a desingner responsável pela marca  José Hendo, nascida no Uganda  com residência no Reino Unido, desde sempre a  estilista viu a sua carreira reconhecida e aplaudida em palcos como Semanas da Moda de Londres, Nova Iorque e Berlim.

A missão da Designer é apoiada na moda de mãos dadas com a ecologia.

 

 

 

 

 

Moda África 2017

Ansiosa para partilhar com vocês aquele que para mim é o evento do ano para a moda Africana em Portugal. Vem aí o Moda África 2017.

Vamos poder acompanhar as tendências da moda Africana para 2018  no fim de semana de 21 a 22 de Janeiro de 2017, na 2a edição do MODAAFRICA –Eth(n)ical Fashion Week, evento alternativo promovido pela AMA – Associação de Moda Africana em Lisboa.

A partir de amanhã dedicarei aqui no blog um artigo para os estilistas que irão passar as suas coleções no MA17.

Uma mensagem Especial

Adoro brilhos e muita luz. A luz simboliza no Natal o intimo do homem o momento em que o amor supera o ódio e o bem vence o mal.

Quis escolher para esta época uma joia associada a brilhos e luz, na cor em que simboliza a estação mais escura do ano mas que é representada pelo início da transladação do Sol para o Solstício mais esperado do ano, do preto passamos para a luz , a luz .

A luz da esperança, a luz de dias claros e sorridentes, luz e muitos brilhos.

 

Encontre aqui a Crystaldust Cuff

Crystaldust Black, encorpada com cristais pretos para brilho incomparável, com acabamento em aço inoxidável. Uma joia que me remete para o frio do Inverno mas pelo brilho e simbologia do Natal.